Views

Histats

Vitrine

VBA Access - Exemplos de Códigos DDL/DML

training_header.jpg


O SQL padrão é a sublinguagem utilizada no MS Access para lidar com os dados, tabelas, querys, etc...


Objeto Tipo
Tabela 1
Query 5
Tabela Conectada 4, 6, or 8
Formulário -32768
Relatório -32764
Módulo -32761

Data Manipulation Language (DML): O comando SELECT e queries de ação (DELETE, UPDATE, INSERT INTO, ...)

Data Definition Language (DDL): Comandos que alterem o "schema" (Mudando tabelas, campos, índices, relações, queries, etc.)

Usando o DML para queries, poderemos ler alguns aspectos do "schema" do banco de dados.

Poderá listar os objetos na base de dados Access com o código abaixo:

SELECT MSysObjects.Type, MSysObjects.Name
FROM MSysObjects
WHERE MSysObjects.Name Not Like "~*"
ORDER BY MSysObjects.Type, MSysObjects.Name

Onde Type poderá colocar um dos valores da tabela acima. (Infelizmente, o modo provido pelo DML não é o caminho mais fácil para se ler os nomes dos campos nas tabelas.)

DDL provê outras características de intervenção como:

CREATE TABLE para gerar uma nova tabela, especificando os nomes dos campos, tipos, e constraints.
CREATE TABLE TestAllTypes ( MyText TEXT(50), MyMemo MEMO, MyByte BYTE, MyInteger INTEGER, MyLong LONG, MyAutoNumber COUNTER, MySingle SINGLE, MyDouble DOUBLE, MyCurrency CURRENCY, MyReplicaID GUID, MyDateTime DATETIME, MyYesNo YESNO, MyOleObject LONGBINARY, MyBinary BINARY(50) )
    (  MyText       TEXT(50),
       MyMemo       MEMO,
       MyByte       BYTE,
       MyInteger    INTEGER,
       MyLong       LONG,
       MyAutoNumber COUNTER,
       MySingle     SINGLE,
       MyDouble     DOUBLE,
       MyCurrency   CURRENCY,
       MyReplicaID  GUID,
       MyDateTime   DATETIME,
       MyYesNo      YESNO,
       MyOleObject  LONGBINARY,
       MyBinary     BINARY(50)
     )
dl_access_ddl_image002.jpg

Impeça a aparição dessa mensagem utilizando: DoCmd.SetWarnings False

dl_access_ddl_image003.jpg

ALTER TABLE para adicionar uma coluna para a tabela, deletar uma coluna na tabela, ou mudar a tabela como tipo e tamanho da mesma.

DROP TABLE para deletar uma tabela.

Similarmente, você pode aplicar o comandos CREATE/ALTER/DROP em outras coisas tais como índices, constraints, views e procedures (queries), usuário e grupos (segurança.)

 CREATE INDEX MyDateTimeIndex ON TestAllTypes ([MyDateTime] ASC)
 CREATE UNIQUE INDEX MyTextUniqueIndex ON TestAllTypes ([MyText] ASC)
 DROP INDEX MyTextUniqueIndex ON TestAllTypes  
 ALTER TABLE TestAllTypes DROP COLUMN MyBinary    
 ALTER TABLE TestAllTypes ADD COLUMN ExtraInfo Text(255)

Enquanto o DDL é importante para algumas bases de dados enormes, ele é limitado no uso com o Access. Você pode criar campo Texto, mas não pode configurá-lo com a propriedade Largura Diferente de Zero, ou características similares. Pode criar um campo Yes/No, mas não pode dizer que o dataentry ocorrerá por meio de um textbox, ou de um checkbox. Também poderá criar um campo Date/Time, mas não poderá configurar a sua propriedade Format. DDL não pode criar campos Hyperlink, campos Attachment.

Poderá executar uma query DDL sob o DAO ou ADO.

Para DAO, use:
dbEngine(0)(0).Execute strSql, dbFailOnError

Para ADO, use:
CurrentProject.Connection.Execute strSql

Algumas características do JET 4 (Access 2000 e superior) são suportados somente sob o ADO.

Uma situação na qual o DDL é realmente utilizável é quanto a mudança do Tipo ou Tamanho dos campos. Você não pode fazer isto com o DAO ou ADOX, utilizar o DDL é a técnica mais prática para estes fins. Obviamente existem outras saídas mais trabalhosas e incoerentes pelo simples fato de serem mais demoradas tanto na implementação quanto na execução.

Abaixo disponibilizo alguns exemplos para que você possa iniciar-se nas técnicas de utilização do DDL.

Índice das Funções Descrição

CreateTableDDL() Cria duas tabelas, seus índices e relacionamentos, ilustrando os diferentes tipos de campos suas propriedades configuradas.

CreateFieldDDL() Ilustra como adicionar um campo para uma tabela.

CreateFieldDDL2() Adiciona um campo a uma tabela em outra base de dados.

CreateViewDDL() Cria uma nova query.

DropFieldDDL() Deleta o campo de uma tabela.

ModifyFieldDDL() Muda o tipo ou tamanho de um campo. (Este é o mais comum uso do DDL.)

AdjustAutoNum() Configura o start da AutoNumeração.

DefaultZLS() Cria um campo que tem por default ser uma stringque não suporta ficar vazia.


Option Compare Database
Option Explicit

Sub CreateTableDDL()
Dim cmd As New ADODB.Command
Dim strSql As String

Let cmd.ActiveConnection = CurrentProject.Connection

'Cria o "Contractor" na tabela.

Let strSql = "CREATE TABLE tblDdlContractor " & _
"(ContractorID COUNTER CONSTRAINT PrimaryKey PRIMARY KEY, " & _
"Surname TEXT(30) WITH COMP NOT NULL, " & _

"FirstName TEXT(20) WITH COMP, " & _
"Inactive YESNO, " & _
"HourlyFee CURRENCY DEFAULT 0, " & _
"PenaltyRate DOUBLE, " & _

"BirthDate DATE, " & _
"EnteredOn DATE DEFAULT Now(), " & _
"Notes MEMO, " & _
"CONSTRAINT FullName UNIQUE (Surname, FirstName));"

Let cmd.CommandText = strSql

cmd.Execute

Debug.Print "tblDdlContractor criada."

'Cria a tabela de Booking.
Let strSql = "CREATE TABLE tblDdlBooking " & _

"(BookingID COUNTER CONSTRAINT PrimaryKey PRIMARY KEY, " & _
"BookingDate DATE CONSTRAINT BookingDate UNIQUE, " & _
"ContractorID LONG REFERENCES tblDdlContractor (ContractorID) " & _

"ON DELETE SET NULL, " & _
"BookingFee CURRENCY, " & _
"BookingNote TEXT (255) WITH COMP NOT NULL);"

Let cmd.CommandText = strSql
cmd.Execute

Debug.Print "tblDdlBooking criado."
End Sub

Sub CreateFieldDDL()
Dim strSql As String
Dim db As DAO.Database

Let Set db = CurrentDb()
Let strSql = "ALTER TABLE MyTable ADD COLUMN MyNewTextField TEXT (5);"

db.Execute strSql, dbFailOnError

Set db = Nothing

Debug.Print "MyNewTextField adicionado para MyTable"
End Sub

Function CreateFieldDDL2()
Dim strSql As String
Dim db As DAO.Database

Set db = CurrentDb()

Let strSql = "ALTER TABLE Table IN 'C:\A&A\Junkki.mdb' ADD COLUMN MyNewField TEXT (5);"

db.Execute strSql, dbFailOnError

Set db = Nothing

Debug.Print "MyNewField Adicionado!"
End Function

Vamos aos testes !!!



Tags: Access, SQL, query, queries, DML, DDL,índices, constraints, views, procedures, CREATE, ALTER,DROP, DAO, ADO, ADOX, CreateTableDDL, CreateFieldDDL, CreateFieldDDL2, CreateViewDDL, DropFieldDDL, ModifyFieldDDL, AdjustAutoNum, DefaultZLS

André Luiz Bernardes
A&A® - Work smart, not hard.


✔ VBA Brazil®

✔ VBA Brazil®
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
diHITT - Notícias