Views

Histats

Vitrine

Infográficos - John Deere - A Cronologia Histórica - A Chronological History Of John Deere Infographic




Um excelente exemplo de demonstração da evolução de uma empresa.


A história de John Deere, que desenvolveu o primeiro arado de aço autolimpante do mundo, e foi um sucesso comercial, é bem próxima da história da colonização e desenvolvimento do meio-oeste dos EUA, uma área que os proprietários de lotes do século 19 consideravam a terra prometida. John Deere nasceu em Rutland, Vermont, em 7 fevereiro de 1804. Passou a infância e a juventude em Middlebury, Vermont, onde estudou em escola pública e passou quatro anos como aprendiz de ferreiro.

Ganhou Fama Como Ferreiro
Em 1825, ele começou sua carreira como artífice de ferreiro e logo ganhou considerável fama, pelo seu trabalho cuidadoso e engenhosidade. Os seus garfos de feno e pás altamente polidos tinham uma grande demanda em toda a região ocidental de Vermont. Mas na metade dos anos 1830, os negócios despencaram em Vermont, e o futuro parecia sombrio para o jovem e ambicioso ferreiro. Muitas pessoas nascidas em Vermont, emigraram para o oeste, e as histórias de oportunidade de achar ouro que chegavam a Vermont mexeram tanto com a empolgação de John Deere, que ele decidiu se desfazer do seu negócio e se juntar aos pioneiros.Ele deixou a esposa e família, que iriam se juntar a ele mais tarde, e partiu com as suas ferramentas e uma pequena quantia de dinheiro. Após viajar por várias semanas de barcaça em lagos e diligência, ele chegou à vila de Grand Detour, Illinois, que tinha sido fundada por Leonard Andrus e outros vindos da sua Vermont. A necessidade de ferreiro era tão grande que dois dias depois de chegar, em 1836, ele já havia construído uma forja e estava ocupado atendendo à comunidade.


Arados de ferro Fundido Não FuncionavamHavia muito a ser feito - ferraduras para bois e cavalos e reparo de arados e outros equipamentos para os fazendeiros pioneiros. Ele ficou sabendo do sério problema que os fazendeiros enfrentavam em tentar cultivar o solo fértil do meio-oeste. Os arados de ferro fundido que eles haviam trazido do leste, foram projetados para o solo arenoso e pouco consistente da Nova Inglaterra. O rico solo do meio-oeste agarrava nas partes inferiores do arado e a cada poucos passos era necessário raspar o solo do arado. Arar era uma tarefa lenta e laboriosa. Muitos pioneiros estavam desanimados e pensavam em se mudar ou voltar para o leste.John Deere estudou o problema e se convenceu de que um arado com uma aiveca e lâmina com uma forma apropriada e altamente polidas deveriam limpar-se a si próprias ao torcer a porção do sulco. Ele deu forma a este arado em 1837, usando o aço de uma lâmina de serrote quebrada e testou-a com sucesso na fazenda de Lewis Crandall, perto de Grand Detour.

Arado de Aço Atende às Necessidades da Pradaria
O arado de aço de Deere provou ser a resposta que os fazendeiros pioneiros precisavam para cultivar com sucesso, no que era então "o oeste". Mas a sua contribuição ao crescimento da agricultura americana ultrapassa o simples desenvolvimento de um arado de aço com sucesso.Era normal naquele tempo que os ferreiros construíssem ferramentas sob encomenda para os clientes. Mas John Deere entrou no ramo de fabricar arados antes de serem efetuados pedidos para eles. Ele produzia um lote de arados e então os levava para o interior para vendê-los - uma abordagem totalmente nova para a fabricação e venda de equipamentos naqueles tempos pioneiros e que rapidamente espalhou a palavra "autolimpante" do John Deere.

Aço Importado da Inglaterra
Existiam muitos problemas envolvidos na tentativa de manter uma fábrica na fronteira - poucos bancos, transporte deficiente e escassez de aço entre outros. Os primeiros arados de John Deere foram produzidos com qualquer peça de aço que ele pudesse encontrar. Em 1843, ele conseguiu um carregamento especial de rolos vindos da Inglaterra. Este aço tinha cruzado o Oceano Atlântico em um navio a vapor, depois navegado de barco pelos rios do Mississippi e Illinois, e por terra, de carroça, por 40 milhas até a pequena fábrica de arados em Grand Detour. Em 1846, foi produzida para John Deere a primeira placa de aço fundido para arados nos Estados Unidos da América, e enviada de Pittsburgh para Moline, Illinois, onde estava pronta para ser usada na fábrica que Deere abriu lá em 1848, para tirar vantagem da força hidráulica e transporte oferecido pelo rio Mississippi.

Insistiu em Qualidade e Pesquisa
Após dez anos de desenvolvimento do seu primeiro arado, John Deere estava produzindo 1.000 arados por ano. Nos anos iniciais do seu negócio, Deere estabeleceu alguns preceitos que vêm sendo obedecidos desde que a empresa foi fundada. Entre eles estava a sua insistência em obter alto padrão de qualidade. John Deere jurou: "Eu jamais colocarei meu nome em um produto que não tenha em si o melhor que há em mim."Um dos seus primeiros sócios brigava com ele por estar constantemente efetuando alterações no projeto. O seu sócio disse que o seu trabalho era desnecessário porque os fazendeiros tinham de levar qualquer coisa que eles produzissem. Conta-se que Deere retrucou, "Eles não são obrigados a comprar o que nós produzimos e além disso alguém pode fazer por um preço melhor que o nosso, então nós perderemos o nosso negócio." A Deere & Company tem continuado ao longo de sua história a colocar uma forte ênfase no desenvolvimento e melhoramento de seus produtos. Uma grande parcela de seu lucro tem sido alocada constantemente para pesquisa e desenvolvimento de produtos, mais do que fazem outras empresas nas suas áreas de atuação.Em 1868, os negócios de Deere foram incorporados sob o nome de Deere & Company. No próximo ano, o filho de John Deere, Charles, que iria mais tarde sucedê-lo como Presidente, foi eleito como Vice-presidente e Tesoureiro.

Charles Deere Expandiu a Empresa
Charles Deere foi um homem de negócios excepcional, que estabeleceu centros de marketing, as chamadas sucursais, para servir à rede de concessionários varejistas independentes. Na época da morte de Charles Deere em 1907, a empresa estava fazendo uma variedade de arados de aço, cultivadoras, plantadeiras de milho e algodão e outros implementos agrícolas. Em 1911, sob o terceiro presidente da Deere & Company, William Butterworth, seis empresas não concorrentes de equipamentos agrícolas foram absorvidas pela organização Deere, tornando a empresa uma fabricante de toda a linha de equipamentos agrícolas. Em 1918, a empresa comprou a Waterloo Gasoline Traction Engine Company em Waterloo, Iowa, e a partir daí os tratores passaram a ser uma parte importante da linha da John Deere.

Ênfase em Pesquisa e Tecnologia
Charles Deere Wiman, um bisneto de John Deere, assumiu a direção da empresa em 1928. Durante o período que a moderna agricultura estava se desenvolvendo, a sua ênfase vigorosa em desenvolvimento de produtos e tecnologia resultou em um rápido crescimento. Apesar da depressão que dominou os EUA na década de 1930, a empresa conseguiu US$ 100 milhões de vendas brutas pela primeira vez na sua história em 1937, o ano do seu centenário. Durante a 2ª Guerra Mundial, Wiman e o presidente durante o tempo de guerra Burton Peek continuaram a ênfase no projeto de produtos, colocando a empresa em uma excelente posição de competitividade no mercado do pós-guerra. Antes da morte de Wiman em 1955, a empresa estava firmemente estabelecida como uma das 100 maiores empresas de fabricação dos EUA.Sob a liderança de William A. Hewitt, que dirigiu a companhia de 1955 até 1982, a organização John Deere experimentou um dos seus maiores períodos de crescimento. As operações de marketing e fabricação foram estabelecidas em todo o mundo, e Deere tornou-se o produtor líder de equipamentos agrícolas no mundo, assim como um grande produtor de equipamentos de construção e reflorestamento e produtos de manutenção de gramados. Robert A. Hanson, que foi Presidente e Diretor Executivo da empresa, sucedeu Hewitt como Diretor Executivo em 1982 e liderou a empresa por um dos seus períodos econômicos mais difíceis. Sob a sua liderança, a empresa emergiu como uma organização mais flexível e dinâmica, mais preparada para enfrentar a crescente competição globalizada. A empresa saiu da turbulência dos anos 1980 para atingir recordes de vendas e geração de receitas nos últimos três anos da década. Hans W. Becherer foi eleito Presidente do Conselho de Administração em 1990, sucedendo Hanson, com quem ele tinha trabalhado como Presidente e Diretor Executivo. Becherer tinha participado de perto nas ações de gerenciamento que foram tão bem-sucedidas em estabelecer na empresa as bases necessárias exigidas pelos anos 1980 e seguintes. Assim como Hanson, Becherer investiu muito da sua longa carreira no desenvolvimento das operações internacionais da empresa. Em seis dos seus anos como Presidente do Conselho de Administração, a empresa obteve lucros recordes. O Sr. Becherer também foi um líder na remodelação do centro da cidade de Moline e no desenvolvimento do TPC (Tournament Players Club) na Deere Run e o evento John Deere Classic PGA TOUR. Em 2000, o Sr. Becherer se aposentou. Quando o Sr. Becherer se aposentou em agosto de 2000, Robert W. Lane foi eleito Presidente do Conselho de Administração da Deere & Company. Ele também trabalhou como Diretor Executivo e Presidente. O Sr. Lane tem uma ampla experiência gerencial na John Deere, incluindo a sua liderança da divisão mundial de equipamentos agrícolas, a organização financeira e a operação de equipamentos ao longo do mundo. Esta experiência combinada com o seu conhecimento sobre o sistema bancário faz com que o Sr. Lane tenha habilidade e respaldo necessários para ajudar a empresa a ampliar a primazia da John Deere no mercado global.

Fonte: MachineFinder

Tags: Infochart, Infographic, Infográfico, gráfico, chronological, history, John Deere, Deere & Company, machine, machinefinder, streamlined, 360º, arado de aço autolimpante, Hans W. Becherer, William A. Hewitt, William Butterworth, 



✔ VBA Brazil®

✔ VBA Brazil®
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
diHITT - Notícias