Views

Histats

Vitrine

Dashboards - 8 Importantes características desejáveis.













Sou honesto em dizer que os Dashboards® precisam tornar-se imprescindíveis nas empresas onde trabalhamos. Reconheço, no entanto, que tais amontoados de informações precisam apresentar algumas características que demonstrem o seu valor real.

É nossa a responsabilidade fazer com que o seu conteúdo, suas respostas e direcionamentos sejam tão avassaladoramente importantes e imprescindíveis que o uso destes seja praticamente obrigatório antes da tomada de uma decisão.

1
INFORMAÇÃO IMEDIATA - Aqueles que fazem uso dos  Dashboards® precisam ser capazes de detectar rapidamente se devem preocupar-se ou não.
Devemos poder bater os olhos e detectar o que merece a nossa atenção imediata.
2
REFLEXO EXATO DO SEU MODELO DE NEGÓCIO - Refletir a estrutura da empresa que analisamos de forma que o modelo teórico utilizado no Dashboards®  seja forte o suficiente para unir todas as peças que o compõem unificando estratégias e ações.
As ações que devem ser tomadas precisam estar estritamente ligadas as variações dos indicadores. Não deve haver espaço para a interpretação humana das ações.
3
RÁPIDO DIAGNÓSTICO - O layout do Dashboards® deve ter um design que propicie a pronta detecção de um problema.
Layout objetivo, não tão simplificado que incapacite a pronta detecção da origem do problema, e nem tão rebuscado que impeça um diagnóstico rápido.
4
APRESENTAÇÃO SIMPLES DAS INFORMAÇÕES - Entendo que o  Dashboards®  
seja algo de fácil interpretação,  um lugar para  visualizações simples.
Os utilizadores do Dashboard® devem estar familiarizados com os significados das cores, gráficos e símbolos aplicados ao modelo.
5
VISÃO GRANULAR da UNIDADE DE AÇÃO - A principal competência de um Dashboard® 
deve ser a sua capacidade em acompanhar a performance do modelo ao qual está conectado em 'tempo real'. 
Obviamente quando nos referimos a tempo real, estamos dispostos a nos conectar a uma base de dados com uma atualização que permita correções em tempo hábil.
6
JANELA DE TEMPO APROPRIADO - Caso as medidas e as tendências representem um período  de tempo demasiadamente longo no Dashboards®, os usuários não conseguirão reagir às mudanças com  rapidez suficiente. 
O equilíbrio está em também não termos uma a janela de tempo muito pequena, pois poderá estimular reações frenéticas e mudanças que não representem as tendências reais.
7
ALERTAS PERCEPTÍVEIS - Alertar os usuários para os problemas é uma das missões centrais dos Dashboards®. Como sempre o desafio é o equilíbrio entre histeria e apatia, e encontrar uma forma de comunicar esta importância relativa é valioso
A maturidade daqueles que utilizarão o Dashboard® ajudará na percepção de que nem todos os problemas têm o mesmo impacto sobre os negócios.
8
APONTAR AÇÃO ESPECÍFICA - Se os  Dashboards® são sobre identificar e responder às questões, nossa ferramenta deve apontar aos usuários o que podem fazer sobre um  determinado problema. Isto pode ser tão simples como exibir o número do telefone da pessoa certa para chamar, ou enviar um e-mail alertando algum gerente ou analista responsável.

Creio que estas observações sejam suficientes para avaliarem os seus  Dashboards® no início deste ano.


brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com

✔ Brazil SFE®Author´s Profile  Google+   Author´s Professional Profile   Pinterest   Author´s Tweets

✔ VBA Brazil®

✔ VBA Brazil®
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
diHITT - Notícias