Views

Histats

Vitrine

Office 2013- Access 2013 - 10 Pontos Positivos Relevantes



Temos algumas poucas semanas de desenvolvimento com a nova versão do MS Access 2013, mas já podemos compartilhar algumas impressões que podem ajudá-lo a saber se deve mudar da versão 2010 ou não.

 1 - Desenvolvimento baseado no SQL Server.

     O MS Access costumava ter o seu próprio motor de banco de dados, conhecido originalmente como JET,
     o qual agora chama-se ACE. Poderemos sempre converter um banco de dados para o SQL Server e continuarmos
     usando o MS Access como front-end no novo banco de dados SQL Server. No entanto, a conversão 
     nunca ficava livre de problemas e havia diferenças suficientes entre o motor JET / ACE e o SQL Server
     em algumas incompatibilidades.

     Em termos de conversão o seu banco de dados terá um excelente escalabilidade com o SQL Server como backend .

     A equipe do MS Access está reunida com o pessoal do SQL Server em base regular como nunca estiveram antes,
     esperando oportunidades maiores e melhores de colaboração entre os grupos.

 2 - Podemos continuar usando a nossa aplicação, os nossos relatórios com outras melhorias.

     Outra esplêndida adição é a Tecnologia Web ao nosso ao banco de dados legado. 
     
     Normalmente projetamos aplicações complexas, e sejamos sinceros, é muito improvável que as convertamos para aplicações web. No entanto,
     o fato de que podemos nos conectar ao SQL Server significa que podemos continuar usando os nossos aplicativos legados, desfrutando de todas
     as características espetaculares que o MS Access tem a oferecer. É um constante ganha-ganha.

 3 - As conexões continuam sendo suportadas.

     Podemos usar o SQL Server Reporting Services, MS Excel ou quaisquer outras ferramentas que suportarem conexão
     com o SQL Azure / SQL Server ODBC para gerar os relatórios. 

     Muitos dos nossos projetos normalmente têm as planilhas MS Excel como relatórios de saída. Por outros vários motivos,com a
     funcionalidade ODC, é possível criarmos planilhas com dados do Web Access Service.

 4 - Nessa nova versão os desenvolvedores são liberados de preocupar-se com a "forma", concentrando-se na normalização.

     Alguns programadores ficarão horrorizados com essa aparente perda de controle.

     Não poderão mais colocar um botão perfeito no pixel exato.

     Mas, pense bem, não somos contratados para fazer aplicações bonitas, ou somos? Ao meu modo de ver, o layout diz muito de uma
     aplicação. Ignorar isso é jogar fora toda a teoria aplicada que a Apple conseguiu aplicar vez, após vez. A interface é sim importante.

     Mas, o ponto de vista da Microsoft para o MS Access é o de que estamos ali para implementarmos aplicações funcionais com aderência
     aos respectivos modelos de negócio que estamos desenvolvendo, fazendo um design de formulário simples. E a equipe de Redmon imaginar
     presentear-nos com duas grandes coisas: 1) Consistência e 2) Interface intuitiva.

 5 - O recurso built-in foi estendido para a busca e a filtragem.

     O MS Access fornece uma visão de lista, que sempre mostra a caixa de pesquisa com uma lista de registros. Não há 
     necessidade de código para obtê-lo, e os usuários podem simplesmente clicar em um registro para ver os seus
     respectivos detalhes.

     Em vez de adicionarmos um formulário de pesquisa e codificá-lo para fazê-lo funcionar, este é construído automática
     e gratuitamente.

 6 - Navegação built-in. Foco no processo, ao invés de nos mecanismos de obtenção.

     Quando adicionamos uma tabela, uma nova guia aparece na página principal e pode, opcionalmente ser escondida.

     Além disso, quando um registro contiver um campo de pesquisa sobre ele, este poderá ser exibido como um link que
     poderá ser usado para abrir um formulário mostrando os detalhes desse registro relacionado. Este também está
     relacionado com os controles de itens que tornam o acesso fácil. Tudo isso sem nenhum código.

 7 - Interface de pesquisa melhorada - Facilidade para a construção de Chaves Estrangeiras.

     Nas versões anteriores, os campos de pesquisa exigiam 5 passos no assistente para configurarmos a pesquisa. Agora obtemos o
     mesmo num único passo, e a descrição tornou-se muito mais fácil de seguir para que uma pessoa que nunca tenha ouvido falar dos
     termos tais como "restrição de chave estrangeira", possam facilmente criar pesquisas. Evitando a digitação de dados errados.

 8 - Barra de Ação - Agora disponível como uma Barra personalizável.

     Muitas vezes, descobrimos que a Barra de Navegação nem sempre seria apropriada - por vezes, acabamos por ter de 
     fornecer a nossa própria Barra de Navegação apenas com o intuito de sermos capazes de escrevermos código para a
     verificação das condições em que a navegação no registro for realizada e cancelá-la se necessário. 

     Bem, as Barra de Ação estão agora totalmente programáveis, por isso temos muito mais controle sobre a verificação
     das condições, permitindo as ações sem termos que re-inventar a roda. Mais uma vez, uma grande economia de tempo
     para nós.

 9 - A janela de propriedades está como pop-up.

     Gosto muito do modo como as propriedades dos controles aparecem agora apenas quando precisamos delas como pop-ups.
     Não mais precisamos ficar caçando-as numa lista.

10 - Divulgação dos dados através da publicação no Office365 2013.

     Sim, a criação do nosso próprio servidor web não é uma tarefa trivial. Existem detalhes cansativos de serem implementados e
     ninguém quer fazer um investimento tão grande de tempo apenas para descobrir que exagerou ou fez tudo errado. Configurar 
     uma conta de assinatura é comparativamente muito menos arriscado em comparação com o grande esforço exigido na obtenção de 
     um aplicativo para execução web. Acredito, sim, ser uma grande melhoria.

E você, tem tido experiências com a versão do MS Access 2013? Se assim for, deixe-nos saber seus pensamentos nos comentários abaixo!


Tags: Access, Access 2013, features, características, 10 Pontos, JET, ACE, SQL, SQL Server, front-end, backend, web technology, SQL Server Reporting Services, SQL Azure, ODBC, ODC,  Web Access Service



✔ VBA Brazil®

✔ VBA Brazil®
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
diHITT - Notícias